Fundadora e Diretora Executiva

website_U8A8518_edited_edited_edited.png

Lori Robinson (ela/dela) é a fundadora e diretora executiva de VidaAfrolatina. Uma afroestadounidense  bilíngue (inglês/espanhol), trabalhou como jornalista por 25 anos e é autora de “I Will Survive: The African-American Guide to Healing from Sexual Abuse and Abuse.” Além de abordar extensamente a violência sexual, ela indagou sobre comunidades negras nos países da América Latina por duas décadas. Como freelancer, seu trabalho foi publicado no Washington Post, The Root, Ebony.com, Detroit Free Press, Chicago Tribune e várias outras revistas nacionais. Atuou no Conselho de Administração da When and Where I Enter, Inc., um fundo na cidade de Houston, Texas, que concedeu doações a 17 organizações de mulheres negras em nove países da América Latina e Porto Rico por um período de nove anos. Ela é uma das 35 bolsistas selecionadas de um conjunto de mais de 2.800 candidatos de 155 países para ganhar a concorrida bolsa Echoing Green Fellowship 2018 para desenvolver e lançar VidaAfrolatina. Orgulhosamente formada em uma universidade historicamente negra, é bacharel em inglês e espanhol pelo Spelman College em Atlanta, Geórgia, e possui mestrado em jornalismo pela New York University, em Nova York.

LORI ROBINSON

Executive Administrator

vesta pic corrected transparent 2.png

Vesta Cordero (she/her/hers) is the New York City-raised daughter of immigrant parents from the Dominican Republic. She has worked in magazine publishing for over 20 years and was also part of the start-up team for the non-profit initiative, the New York City Technology Development Corporation, formed by then NYC Mayor Michael Bloomberg to maximize efficient and effective implementation of New York City IT projects. She is an alumna of Brooklyn College.

VESTA CORDERO

  Board of Advisors

janet-biopic_edited.png

Janet Arelis Quezada (ela/dela) é a filha de pais negros e imigrantes da República Dominicana, e foi criada no Bronx com muito orgulho. Trabalha na Iniciativa Comunitária Magnolia (Magnolia Community Initiative) com o Pop Change Institute em Los Angeles. Anteriormente, como especialista de mídia na GLADD, trabalhou para aumentar a visibilidade do Latinx LGBTQIA e advocando pelos meios de comunicação em espanhol e inglês. Tem formação pelo Wellesley College.

JANET ARELIS QUEZADA

Veta%2520Photo%2520Headshot%25202016_edi

Veta Byrd-Perez (ela/dela) é uma afroamericana nativa de Columbus, Ohio. Ela atua como consultora geral associada na Rice University, em Houston, Texas. Depois de morar brevemente em Quito, Equador, Veta fundou a When and Where I Enter, Inc., uma organização filantrópica que distribuiu doações a mulheres afrodescendentes na América Latina por um período de nove anos. Ela se formou no Spelman College e é doutora em Direito pela Yale Law School.

VETA BYRD-PEREZ

Elsy's%252520Pic_edited_edited_edited.pn

Elsy Cipriani es una afrolatina nacida en Bogotá, Colombia, con raíces familiares en el Caribe colombiano. Es Directora Ejecutiva de New Generation, Inc., un proveedor de vivienda de emergencia y de transición para mujeres embarazadas y madres solteras y sus hijos en New Hampshire. Actualmente un miembro del Consejo de Administración de CASA NH, comenzó su carrera en el Servicio Jesuita a Refugiados en Colombia, Ecuador y Perú. Elsy obtuvo una licenciatura de la Pontificia Universidad Católica del Ecuador y una maestría de la Universidad Strayer en los Estados Unidos.

ELSY CIPRIANI

Headshot%2520Doreen_edited_edited.png

DOREEN DANKERLUI

Doreen Dankerlui (ela/dela) é uma mulher afro-caribenha do Suriname que mora nos EUA há aproximadamente 25 anos. Ela trabalha na Henry Ford Global Health Initiative (Iniciativa de Salud Global de Henry Ford) em Detroit, no estado do Michigan, em programas de educação e treinamento e de engajamento comunitário. Antes de obter seu mestrado em Saúde Pública pela Universidade de Washington con concentración en liderazgo, política y gestión, ela se formou em Estudos Internacionais com foco em gestão de ONGs internacionais e estudou a língua e a cultura brasileiras.

Eshe edit.png

DR. ESHE LEWIS

Dr. Eshe Lewis (she/her/hers) is an Afro-Caribbean Canadian woman born, raised, and based in Toronto, Canada. She received a Ph.D in cultural anthropology from the University of Florida. Eshe has worked extensively as an activist and researcher on gender violence among Afro-Peruvian women, and on Black feminist organizing and Afro-descendant activism in Latin America and the Caribbean for over 10 years. Eshe is the first public anthropology fellow for SAPIENS Magazine. 

Nodia Mena_edited.png

NODIA MENA

Nodia C. Mena (ela/dela) é doutoranda em Educação, Liderança e Fundações Culturais na Universidade da Carolina do Norte em Greensboro. A sua área de pesquisa é centrada em equidade racial e de gênero. Nodia é Garifuna, bi-racial (negra e indígena) nascida em Honduras, na América Central. Ela possui diploma universitário em Linguagem, Literatura e Cultura, pela Universidade da Carolina do Norte em Greensboro. Ela ensina fundamentos  culturais da educação nessa mesma universidade. 

pilar-biopic_edited_edited.png

PILAR OCAMPO

Pilar Ocampo (ela/dela) é uma afrolatina de descendência colombiana e gullah, nascida e criada na área metropolitana de Washington, D.C. Pilar começou sua carreira como bolsista de políticas de saúde urbana no Departamento de Saúde Pública da Filadélfia e agora atua na Divisão de Prevenção de Doenças Crônicas e Lesões, onde pretendem usar uma abordagem de justiça em saúde para enfrentar disparidades raciais. Tem bacharelado American University e mestrado pela Drexel University.

Natalia_edited.png

NATALIA SANTIESTEBAN
MOSQUERA

Natalia Santiesteban-Mosquera (ela/dela), residente de Bogotá, Colômbia, trabalha como educadora, pesquisadora, consultora, palestrante e tradutora há uma década. Ela é bacharel em Línguas Modernas e Estudos Culturais pela Universidade dos Andes e tem mestrado em Estudos de Gênero pela Universidade Nacional da Colômbia. Seu primeiro livro, “El color del espejo: narrativas de mujeres negras en Bogotá” (A cor do espelho: narrativas de mulheres negras em Bogotá), foi publicado em 2017 pelo Centro de Estudos Afrodiaspóricos.

Erica%20Williams_edited.png

A Dra. Erica Lorraine Williams (ela/dela) é uma professora associada e diretora de departamento no Spelman College. Ela se origina de Carolina do Norte e se identifica como afroamericana e mexicana. Erica se formou em antropologia e estudos africanos e da diáspora africana pela Universidade de Nova Iorque e fez um mestrado e um doutorado em antropologia cultural pela Universidade de Stanford. Erica é a autora do livro “Sex Tourism in Bahia: Ambiguous Entanglements” (Turismo Sexual em Bahía: Emaranhamentos Ambíguos) e está trabalhando num segundo livro sobre o ativismo feminista afrobrasileira em Bahía, Brasil.

ERICA WILLIAMS